• Publicidade

Quando recorrer a uma clínica de fertilização

Com o passar do tempo, a fertilização pode ser mais difícil e a gestação pode exigir mais cuidados. Mas o ideal seria que todas as pessoas procurassem uma clínica de fertilização como forma de prevenção.

Afinal de contas, quem planeja ter filhos algum dia, pode garantir que esse sonho se realize com mais tranquilidade se se preocupar em fazer a preservação do espermatozoide ou do óvulo, ainda na juventude.

Mas como o assunto é pouco discutido, são raros os casos em que se observa esse cuidado e é mais comum que as pessoas decidam buscar ajuda profissional, somente quando a necessidade aparece.

Quem está com dificuldade?

Já foi confirmado que após os 35 anos de idade, a fertilidade da mulher sofre uma queda significativa o que pode comprometer a gravidez por meios naturais. Mas as razões pelas quais a dificuldade de engravidar pode acontecer, são inúmeras, mas elas não estão somente na mulher.

As dificuldades vão desde homens que podem ter sofrido traumas na região dos testículos, mesmo na infância, insuficiência de espermatozoides ou alterações no material genético que dificultem a fecundação.

Mas quer seja nas mulheres, quer seja nos homens, quando se consegue entender onde está essa dificuldade, fica mais fácil conseguir solucionar o problema da melhor forma. E essa análise só pode ser feita por um profissional, por isso é importante conversar com um médico se o casal não consegue engravidar depois de alguns meses de tentativa.

Por que eu?

Algumas vezes, o caminho para formar uma família pode esbarrar em obstáculos como a dificuldade de engravidar. E quando a mulher percebe que realizar o sonho de ser mãe talvez seja mais difícil do que imaginou, um dos primeiros pensamentos é o clássico: “Por que eu?”.

Afinal todas as suas vizinhas e amigas engravidaram facilmente, as vezes uma outra sequer desejava uma criança naquele momento. Essas comparações são constantes e causam frustração e sensação de tristeza.

É natural se sentir perdida e até em dívida consigo mesma, mas vale lembrar que esta dificuldade pode ser bastante comum, embora não pareça. E é por ser comum que já existe um respaldo da ciência a respeito. Profissionais engajados, para solucionar o problema de maneira segura.

Logo, cada vez mais casais têm pensado em procurar ajuda profissional, e no Brasil, isso pode estar acontecendo com mais frequência do que se imagina.

Segundo as pesquisas recentes, estima-se que mais de dois milhões de mulheres brasileiras procuram clínicas de fertilização todos os anos. Elas apresentam dúvidas, queixas e medos. Sentimentos que podem se dissipar logo na primeira consulta.

Mesmo assim, é frequente que algumas pessoas adiem o atendimento justamente por causa da insegurança, podendo chegar aos consultórios um pouco mais tarde do que seria o ideal, o que dificulta o sucesso dos procedimentos. Por isso é importante saber qual o melhor momento para buscar uma clínica de fertilização a fim de realizar o sonho de aumentar a família.

Clínica de fertilização, quanto antes, melhor

Primeiramente é importante observar que, segundo os profissionais do setor, em cerca de 40% dos casos, a dificuldade de engravidar pode ter raiz no homem, enquanto outros 40% encontram sua causa na mulher.

Os 20% restantes são uma combinação de diversos outros fatores que precisam ser investigados para que se chegue a uma solução realmente eficaz.

E para isso, é interessante que se leve em consideração a idade da mulher, o histórico de saúde do casal e questões como o tempo em que ambos estão tentando engravidar por meios naturais.

Como a clínica de fertilização pode ajudar?

Saiba que não há problema algum em procurar um profissional de reprodução humana com o objetivo de esclarecer as dúvidas, afinal de contas, cada caso é um caso, e o profissional, na clínica de fertilização, poderá oferecer um atendimento que fale sobre a situação específica de cada casal.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

  • Publicidade