• Publicidade

Nariz entupido: Saiba as causas, os tratamentos e como prevenir a congestão nasal

O nariz entupido ou a chamada congestão nasal é um problema caracterizado pelo acúmulo de muco e pelo aumento da espessura do revestimento do nariz, causando dificuldade respiratória e um incômodo constante. No geral, podemos dizer que essa condição não é considerada grave, embora possa ser sintoma de doenças que exigem tratamento específico. Além disso, o nariz entupido pode dificultar atividades essenciais para a manutenção da saúde humana, como o sono, por exemplo. Por isso, no artigo de hoje separamos todas as informações relevantes a respeito da congestão nasal – suas causas, tratamentos e possíveis formas de prevenção. Acompanhe!

Entendendo mais o que é a congestão nasal

nariz entupidoPopularmente conhecida por “nariz entupido”, a congestão nasal não é por si só uma doença e sim o sintoma de que algo está incomodando as mucosas nasais. Ela pode ser diagnosticada com facilidade, por meio de conversas entre o paciente e o médico, além de exames simples de observação. Dentre suas características principais, está a dificuldade respiratória – que pode atingir ambos os lados do nariz ou apenas um deles. A maioria das pessoas acredita que esse sintoma é causado pelo excesso de muco mas não é raro que ele seja um reflexo do aumento da espessura dos tecidos nasais. Obviamente, a causa da congestão é o que irá alterar suas principais manifestações e para ter um diagnóstico mais preciso, é necessário consultar um médico.

Sintomas comuns do nariz entupido

Como o próprio nome indica, o nariz entupido tem como principal sintoma a sensação de que há algo preso nas narinas. Além disso, podemos listar algumas manifestações comuns:

  • Coriza em excesso, causando a necessidade de assoar o nariz com mais frequência do que o comum.
  • Pode ocorrer, em alguns casos, dores nas narinas, que pioram ao toque.
  • Dificuldade parcial ou completa em respirar pelo nariz, forçando o paciente a respirar pela boca durante a maior parte do tempo.

Além disso, pode haver a sensação clara de que os tecidos nasais se inflamaram. O paciente pode notar esse sintoma ao tocar a parte interna das narinas ou mesmo ao respirar e perceber dificuldade mesmo sem o excesso de muco.

Causas do nariz entupido – Compreendendo as principais delas.

A maioria das pessoas acredita que as causas para o nariz entupido são restritas às gripes e resfriados, porém, há inúmeros fatores que podem desencadear o problema – inclusive, são eles que ditarão a gravidade e a frequência com que ele aparece. Vamos listar os principais:

  • Resfriados: Os resfriados comuns não podem deixar de serem citados como causa do nariz entupido. Embora eles sejam os principais culpados pelo aparecimento de muco extra nas narinas, não são os únicos.
  • Gripes: As gripes também podem causar um inchado nas mucosas do nariz, trazendo a sensação de congestão nasal típica e bastante incômoda.
  • Infecções: É comum que infecções causem um aumento das mucosas. Nesse caso, nem sempre o nariz entupido vem acompanhado com o excesso de coriza.
  • Alergias: Rinites e sinusites ou mesmo alergia à poeira podem causar a congestão nasal. Inclusive, nesse tipo de paciente, ela pode ser crônica e incomodar muito o paciente.
  • Outras causas: Por fim, há também casos onde a gravidez, desvio de septo, uso constante de remédios inibidores de coriza e até mesmo excesso de poluição e cigarro podem ser os responsáveis pelo aumento dos sintomas da congestão nasal.

Tratando o nariz entupido – Como reverter o quadro?

Sempre aconselhamos que o paciente procure ajuda médica quando os sintomas não desaparecem de forma natural em um período de 10 dias. Embora o nariz entupido não costume ser sintoma de doenças graves, ele pode incomodar bastante e atrapalhar o sono – causando problemas que se acumulam. O tratamento pode ser feito através de algumas medidas:

  • Anti-histamínicos: Dependendo da causa do nariz entupido, medicamentos anti-histamínicos podem se mostrar bastante eficientes para eliminar os sintomas mais incômodos, especialmente porque tratam também a origem do problema.
  • Já em casos de alergias, sinusites e rinites, o médico pode solicitar que o paciente seja medicado com algum tipo de corticoide ou sprays nasais – eles irão diminuir os episódios futuros. Porém, este tipo de intervenção deve ser feita apenas com autorização médica, pois os sintomas podem piorar se os medicamentos forem utilizados em excesso.

Tratamentos caseiros contra o nariz entupido

Em muitos casos, o tratamento contra o nariz entupido não exige o uso de medicamentos, especialmente se a causa está em alergias simples ou falta de umidade no ar. A dica é utilizar um umidificador de ambiente sempre que possível – de preferência na hora de dormir. Além disso, vale a pena aplicar soro fisiológico também no horário noturno e evitar o contato excessivo com fumaça de poluição e de cigarro. Caso os sintomas não passem em dez dias, o médico deve ser consultado para o tratamento com medicamentos.

Conclusões finais

Como dissemos ao longo deste artigo, o nariz entupido não deve ser motivo para grandes preocupações – embora seus sintomas sejam extremamente incômodos. Apenas em crianças pequenas e bebês há a necessidade de apoio médico imediato, pois suas mucosas nasais são sensíveis e podem sofrer danos pelo excesso de inflamação. No caso de adultos, vale a pena tentar intervenções caseiras, porém, sempre acompanhando a evolução do quadro para evitar maiores desconfortos futuros.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

  • Publicidade