• Publicidade

Como desenvolver a sua carreira por meio da inteligência emocional?

Devido aos benefícios da inteligência emocional essa já é considerada uma característica-chave para o desenvolvimento profissional e também está relacionada com atingir objetivos como a liderança. De acordo com uma pesquisa realizada pela Six Seconds, 54%dos atributos de sucesso de uma pessoa estão relacionados à inteligência emocional,independentemente do segmento de atuação.

Assim, já há um forte indicativo de que o crescimento da carreira está bastante relacionado com a inteligência emocional e a capacidade do indivíduo de desenvolver competências associadas à IE. São cinco os atributos mais determinantes nesse processo:

  • autoconhecimento;
  • autogestão;
  • motivação pessoal;
  • empatia;
  • habilidades sociais.

O conjunto dessas características e um convívio equilibrado entre elas permite que o profissional se conheça melhor e possa racionalizar as próprias emoções e escolhas de forma a alcançar seus objetivos, sem, entretanto, desmerecer as emoções alheias ou tornar-se individualista, pois afinal a liderança consiste em trabalho em equipe.

Quais os benefícios da inteligência emocional na carreira profissional?

Dados os pilares da inteligência emocional, cada um deles tem a contribuir para o desenvolvimento da carreira profissional, isso porque eles alternam entre competências internas e externas.

O primeiro passo é o autoconhecimento, isso porque apenas com senso crítico sobre as próprias qualidades e desvantagens é que o indivíduo consegue criar um plano decrescimento profissional. Isso, por exemplo, implica em escolher uma área de atuação mais alinhada com as competências inerentes da pessoa, aquilo com a qual tem mais familiaridade e também o que tem mais prazer e satisfação fazendo.

Portanto, a partir do autoconhecimento as demais qualidades podem ser desenvolvidas primando alcançar um objetivo profissional estabelecido. Conheça alguns benefícios da inteligência emocional para a carreira.

Melhor gerenciamento de metas

Ao unir o autoconhecimento com a autogestão o profissional adquiri qualidades que, quando unidas, oferecem um grande controle sobre a própria carreira. Conhecendo as qualidades mais expressivas do trabalho e gerenciando emoções e situações para que elas favoreçam o alcance de determinadas metas, é possível estabelecer um plano de carreira próprio,levando em consideração metas de curto, médio e longo prazo.

Com isso, o profissional consegue estabelecer alguns objetivos a serem atendidos e o tempo que estima ser necessário para cumpri-los. Podendo se aperfeiçoar e investir em outros conhecimentos com a intenção de tornar-se mais apto e adequado para a função que deseja exercer.

Qualidade nos relacionamentos estabelecidos

Nenhum profissional “cresce sozinho”. Isso quer dizer que apesar do mérito pessoal e da dedicação para alcançar um determinado status profissional serem atributos relevantes, sempre é necessário depender de outras pessoas, o que torna importante o desenvolvimento e aprimoramento da empatia e das habilidades sociais.

Lembre-se que é importante manter relações saudáveis tanto com os gestores e diretores como também com os demais profissionais. Afinal, uma função de liderança, por exemplo, exige confiança e respeito por parte dos membros da equipe.

Dedicação e esforço para alcançar os objetivos

A automotivação é uma característica muito importante na IE, pois mesmo quando fatores externos estiverem limitando a capacidade de crescimento, é imprescindível que o profissional consiga buscar motivação internamente. Esses desafios existirão e apenas superando-os será possível alcançar objetivos mais prósperos na carreira.

Para os profissionais comprometidos, os benefícios da inteligência emocional podem promover mudanças expressivas nas possibilidades de crescimento da carreira, entretanto, exigem aprimoramento constante, dedicação e foco.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

  • Publicidade