• Publicidade

Saiba o que fazer para evitar as olheiras e como trata-las

Olheiras são o pesadelo de muitas mulheres, e homens (por mais que eles tentem negar). Afinal, quem quer sair por aí com cara de cansado ou doente?

A melanose orbital, mais conhecida como olheira é caracterizada por marcas profundas que se formam abaixo dos olhos, as vezes mais discretas e, outras vezes com cores mais arroxeadas e bem escuras. Elas também podem aparecer na forma de bolsas, rugas ou sulcos.

Os motivos para isso acontecer são diversos, e não estão ligados somente a noites de sono mal dormidas. Continue lendo e aprenda tudo sobre as causas e como evitar as malvistas olheiras.

Entenda o que causa as Olheiraspessoa com olheiras

O que acontece é uma dilatação dos vasos sanguíneos na área abaixo dos olhos. Esses pequenos vasos se rompem e “derramam” sangue de seu interior para derme.

Não bastasse isso, a pele da região orbital é bem mais fina que o restante do rosto, até mesmo passando a mão você consegue sentir a diferença. Então, conforme os vasos se rompem, o sangue fica facilmente exposto, escurecendo a região.

Existe também uma condição chamada “hiperpigmentação periorbital”, em outras palavras, é uma super coloração da região ao redor dos olhos que resulta em olheiras permanentes. Mais usual em pessoas com a pele negra.

Já os inchaços são mais comuns em indivíduos alérgicos ou com alguma outra doença, incluindo aqueles que adoram consumir sal. Eles são causados por um acumulo de líquidos na região.

E os motivos não param por aí, veja a listinha abaixo:

  • Hereditariedade: comece a olhar bem como está o rosto de seus pais e parentes mais próximos.
  • Falta de cuidado com a área dos olhos: o filtro solar deve ser seu melhor amigo. Existem até mesmo produtos específicos para região dos olhos.
  • Tabaco: a fumaça do cigarro é bastante prejudicial para pele, além de todos os outros males causados pelo tabaco.
  • Idade: infelizmente ao ficarmos mais velhos vamos perdendo a elasticidade e espessura da pele. Repare que as olheiras são bastante comuns e evidentes em idosos.
  • Noites mal dormidas, estresse, cansaço físico: nesses três casos o nosso organismo reage aumentando a produção do hormônio cortisol, de modo que possamos ter energia para terminar o dia. Quando isso acontece o volume do sangue também é elevado e os vasos dilatam para aguentar o “tranco”, podendo resultar em olheiras.

Como evitar?

Agora que você já conhece o processo de formação e as causas dessa incomoda escuridão ao redor dos olhos, evita-la será bem mais fácil:

  • Durma bem! Há quem precise das famosas 8 horas de sono, mas o essencial é você se sentir descansado.
  • Tenha uma boa alimentação, diminua o consumo de sal e outros alimentos industrializados [recheados de sódio], evite bebidas alcoólicas e beba muita água. O truque é não reter líquidos.
  • Pare de fumar.
  • Use sempre filtro solar.
  • Lave o rosto com água gelada [a da torneira mesmo], ela causa vasoconstrição, podendo ter efeito sobre as olheiras.

Tratamentos Caseiros

tratamentos caseiros para olheirasExistem diversos tratamentos caseiros e estéticos (veja no item a seguir), o primordial é você escolher aquele que mais lhe agrade.

Além disso, se seu caso for uma olheira pontual, decorrente de um dia cansativo ou alergias, você pode simplesmente optar por esconde-la com o uso de corretivos [ou outros cosméticos].

Mas vamos às receitas caseiras:

  • Compressas frias: assim como lavar o rosto, a compressa com uma gaze ou algodão e água fria (preferencialmente gelada) vai levar à vasoconstrição periférica e melhorar o aspecto das olheiras. Você também pode usar uma colher, deixe-a no freezer por uns minutos e depois aplique no local.
  • Chá de camomila: aplique o sache gelado na região ocular. Somando-se ao efeito vasoconstritor, a camomila libera flavonoides que ajudam na circulação do local. Deixe os saches por 10 minutos sob os olhos.
  • Rodelas de pepino: sim, aquela cena de filme/novela é real. O pepino aplicado sob as olheiras melhora a tonicidade dos vasos sanguíneos, permitindo que o sangue circule sem extravasar.
  • Leite [ou leite com mamão]: o ácido lático presente em grande quantidade na bebida hidrata, renova e clareia a tez. Outra possibilidade é bater 100ml de leite e meio mamão papaia. A mistura pode ser aplicada diretamente ou em uma gaze, por cerca de 15 minutos e, ao menos 1 vez por semana. A papaína do mamão promove a renovação da pele.
  • Massagens: experimente massagear a região para dissipar o sangue e ativar a circulação. Use também óleo de amêndoas nas massagens, para hidratar, fortalecer e aumentar a espessura da pele.

Tratamentos Estéticos

Se nada disso funcionar, ou se você apresenta um quadro de hiperpigmentação periorbital, talvez seja o caso ir a um especialista. Veja o que pode ser feito:

  • Laser: seu principal objetivo é clarear a pele e estimular a síntese de colágeno, melhorando a elasticidade natural.
  • Peeling: promove uma esfoliação suave no local, resultando no clareamento.
  • Preenchimento com ácido hialurônico: existem casos que as olheiras são resultado da anatomia dos olhos, quando a cavidade ocular é muito profunda. Nesse caso, o preenchimento nivela os olhos com a face, evitando as sombras abaixo dos olhos.
  • Drenagem linfática nas bolsas dos olhos: essa técnica eleva a circulação sanguínea local, levando embora o inchaço e as manchas escuras.
  • Cirurgia plástica: se as bolsas de gordura abaixo dos olhos forem muito acentuadas ou as machas muito escuras, e se todo o resto realmente não teve resultados. A remoção cirúrgica das bolsas e clareamento da pele na região podem ser a solução de seus problemas.

Gostou do artigo? Curta e compartilhe com os amigos. Quer saber mais? Tem alguma receita caseira para ensinar? Deixe seu comentário.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

  • Publicidade