• Publicidade

O que é Shiatsu, como funciona e para quem é indicado?

O Shiatsu é uma técnica chinesa de massagem relaxante bastante específica e que vem fazendo cada vez mais sucesso no nosso país. A palavra, em sua tradução literal significa “pressão nos dedos”, e ela já indica basicamente toda a grande diferença do Shiatsu em relação às demais massagens. Com a ponta dos dedos, o massoterapeuta irá estimular partes do corpo do paciente, fazendo com que haja uma melhora significativa de problemas como estresse, ansiedade e dores em geral. Neste artigo iremos detalhar melhor como essa arte milenar funciona, quais são suas indicações e cuidados para aproveitar todos seus benefícios. Confira!

Entendendo um pouco mais sobre a origem do Shiatsu

shiatsuO Shiatsu surgiu na China há centenas de anos, mais precisamente por volta de 1868 e sua história original ainda é um mistério. Como a maioria das pessoas tem conhecimento, a medicina oriental é recheada de misticismos e isso não é diferente quando se trata de uma de suas técnicas mais comuns de relaxamento. A pressão nos dedos, segundo os chineses, pode estimular curas de doenças e curar traumas do passado, dependendo da região estimulada.

Ainda segundo o que eles acreditam, quando há um desequilíbrio emocional intenso, ele se reflete no corpo e no ser em toda sua totalidade. Por este motivo, ao tocar partes importantes com força, há o que é chamado de “dissolver os nós”, liberando estímulos que irão trazer melhoras em diversos campos da vida. Para entendermos melhor do que o Shiatsu se trata, é preciso compreender alguns fatores específicos:

  • Segundo a medicina oriental, temos um chamado “campo energético” e somos basicamente feitos dessa energia.
  • Quando há um desequilíbrio, há também um acúmulo de energia em determinadas regiões, chamado de Jitsu.
  • Os pontos onde não há energia suficiente são chamados de Kyo.
  • O Shiatsu, então, visa desatar esses acúmulos e equilibrar o Jitsuo e o Kyo, a fim de trazer benefícios para todo o corpo e para a mente.

Benefícios do Shiatsu – entendendo melhor a técnica

Pode parecer um pouco complicado compreender os ensinamentos da medicina chinesa, mas o fato principal é que isso não será preciso para usufruir dos benefícios do Shiatsu. Embora haja uma grande história por trás dele, há também o resultado na parte física geral, como o relaxamento intenso que essa pressão entrega a quem experimenta este tipo de massagem. Alguns benefícios que do Shiatsu:

  • Alívio do estresse do dia-a-dia: a pressão feita pelo massoterapeuta tem como principal finalidade dissolver os acúmulos de energia, porém, ela também traz um sensação bastante relaxante, capaz de aliviar o estresse em uma única sessão. É como uma massagem comum mas com um pouco mais de intensidade.
  • Há inúmeros relatos de alívio de dor de cabeça, ao permitir a pressão nessa região. O Shiatsu também pode ser muito reconfortante para enxaquecas severas, que não passam com remédios.
  • Além de dores de cabeça, é preciso citar também o alívio de dores musculares, derivadas de exercícios ou mesmo de problemas que não passam com medicamentos. A pressão na região afetada fará com que o sangue circule melhor, trazendo melhor qualidade de vida ao paciente.
  • Por fim, por ser uma massagem que também possui finalidades relaxantes, o Shiatsu traz bem-estar e calma.

Porém, embora hajam inúmeros benefícios do Shiatsu, existem momentos onde ele não é indicado. São eles:

  • Em cima de fraturas recentes ou que ainda estejam doloridos. Nesse caso, o Shiatsu pode agravar as lesões e deve ser evitado.
  • Em casos de osteoporose, já que os ossos são mais sensíveis e não devem ser pressionados.
  • Em caso de doenças, como câncer. Nesse caso, o médico deve fazer a devida liberação do paciente para que ele possa fazer a massagem.

Para todos esses casos é importante conversar com o médico responsável para que ele libere a realização da técnica.

Cuidados na hora de realizar o Shiatsu

De forma geral, os principais cuidados que se deve ter ao procurar por uma sessão de Shiatsu é com o profissional que irá aplicá-lo. Por ser uma massagem de intensidade, o massoterapeuta deve ser devidamente formado em cursos específicos para a realização desse tipo de técnica a fim de evitar dores e problemas posteriores.
No mais, o Shiatsu não tem contra-indicações e é uma técnica bastante utilizada para promover relaxamento e aliviar o estresse do dia-a-dia. Procure sempre por clínicas especializadas e faça uma avaliação antes das sessões.

Gostou do artigo? Curta e compartilhe com os seus amigos!

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

  • Publicidade