• Publicidade

Quais as principais causas do suor excessivo nas axilas

Convenhamos. Se existe algo que nenhuma pessoa suporta (mas que todos estão sujeitos) é o suor excessivo nas axilas. E não é somente pelo cheiro. O fato de estar com a camisa toda molhada, gerando a famosa “rodela” é bastante incômodo e constrangedor. Se você sofre com este mal e não sabe mais o que fazer para evitar, continue fazendo a leitura deste artigo.

Aqui, nós trazemos as principais características da “sudorese excessiva”, suas causas e como tratar. Confira!

O que causa o suor excessivo nas axilas?

causas do suor excessivo

Na medicina, esta condição possui três termos de identificação. São elas: Sudorese excessiva, transpiração excessiva e hiperidrose.

O suor é uma algo completamente normal, afinal, se trata de uma sudorese fisiológica. É por meio do suor que o nosso corpo consegue regular a temperatura. A transpiração costuma ocorrer quando fazemos atividades físicas ou ficamos muito tempo expostos ao sol.

No entanto, o problema do suor excessivo nas axilas é quando ela ocorre fora destas situações citadas acima. Como por exemplo, quando se está no ambiente de trabalho ou na mesinha do bar, entre amigos. Geralmente, esta transpiração excessiva também acarreta no odor, que é gerado pela decomposição de fungos e bactérias do suor.

Mas, o que causa o suor excessivo nas axilas? As causas são diversas. São elas:

– Obesidade;

– Uso de medicamentos antidepressivos;

– Alterações psiquiátricas;

– Transtornos do sistema nervoso;

– Menopausa.

Pode haver casos de pessoas que sofrem do suor excessivo nas axilas que não se encaixam em nenhuma das causas acima. Nestas situações, não se sabe o que desenvolve a condição.

Como tratar o suor excessivo nas axilas?

A primeira coisa que deve ser levada em consideração para tratar esta condição fisiológica são os hábitos de higiene. Além de ser algo básico em nossa vida, são fundamentais. Apesar da boa higiene, ela não é o suficiente para tratar a transpiração excessiva. É necessário realizar tratamentos, que irão depender da intensidade do suor e sintomas apresentados pelo paciente.

Os tratamentos disponíveis são: O cirúrgico, a operação e a aplicação de botox.

Aplicação de botox: Engana-se quem pensa que o botox só serve para procedimentos estéticos. Este tratamento é sugerido para pessoas que já buscaram anteriormente pelo tratamento clínico e não obtiveram bons resultados. A sua eficácia é em 92% dos casos.

O procedimento é rápido e simples, onde não há a necessidade de fazer uso de anestesia. A aplicação do botox ocorre é feita na região onde o suor excessivo é produzido. Com isso, há a redução da transpiração por meio das glândulas sudoríparas. Os efeitos do botox aparecem depois de 72 horas da sua aplicação e chegam ao seu efeito máximo depois de duas semanas do procedimento.

No entanto, a duração do tratamento tem a duração de apenas oito meses.

No caso dos tratamentos clínicos, existem duas opções:

– Medicamentos sistêmicos: Estas drogas podem trazer bastante alívio no suor excessivo nas axilas. No entanto, o uso destes medicamentos pode ocasionar em efeitos colaterais, como por exemplo, boca seca, complicações na visão e problemas ao urinar.

– Produtos adstringentes e antiperspirantes: Estes produtos são voltados a inibir ou reduzir a transpiração. Eles devem ser utilizados sobre a pele seca depois do banho, antes de dormir. O efeito colateral que eles podem trazer é a alteração na cor da pele.

Operação: Em casos de tratamentos cirúrgicos, o paciente deverá ser anestesiado e internado. Todavia, esta alternativa de tratamento é sugerida apenas para casos mais graves. A cirurgia destinada para acabar com o suor excessivo nas axilas é conhecida como Simpatectomia, onde há a interrupção da difusão dos nervos responsáveis pela transpiração em excesso. Apesar da sua eficácia, existe o risco do suor excessivo migrar de região e afetar outras áreas do corpo.

Sobre Bruno Storini

Analista de Marketing Digital

Adicionar a favoritos link permanente.

Um Comentário

  1. felipetanure

    Um dermato me indicou o antitranspirante Odaban e depois disso não tenho mais problema com suor excessivo.
    Eu compro no site oficial, pois tenho medo de falsificações: http://www.odaban.com.br
    Vale a pena!

Deixe uma resposta

  • Publicidade